South X South West Festival

FRONTIER será lançado em 16 de março de 2016, no SWSX South pela Southwest, no festival de cinema em Austin,Texas.

Apresentado pelo diretor Matthew Wortman, com John e Kika Carter, cuja experiência das suas vidas reais é a bas

O amanhecer de uma nova era

Essa é a minha primeira publicação no blog. Daqui a um minuto, vou disparar meu primeiro tuíte. Sinto como se tivesse chegado ao século XXI. Essa é o primeiro de uma série de posts. Imagino que esta será a história da produção de meu primeiro longa-metragem de ficção – um filme de caubói diferente dos demais! Depois de passar décadas fazendo filmes para TV, era tempo de buscar novos rumos.

Há muito tempo, cultivo o sonho de fazer um filme como cineasta independente. Houve uma série de inícios frustrados e falsos profetas ao longo do caminho (algo com o qual você precisa se acostumar, se deseja tornar-se cineasta), mas, pela primeira vez em sete anos, sinto que o projeto está prestes a acontecer. E o festival de cinema SXSW, em Austin, no Texas, é o lugar onde tudo vai começar. É assustador, excitante e incrível ao mesmo tempo – e eu continuo me beliscando para saber se tudo isso é mesmo realidade. Ou talvez eu tenha me iludido e acordado num universe paralelo?

Um quarto do orçamento foi levantado (mais de US$ 500.000) e investidores, com quem devo me reunir no Texas, estão dispostos a fazer o aporte final.

Para lembrar… o filme chama-se FRONTIER… meu nome é Matthew Wortman e sou director de documentários. FRONTIER é um filme de caubói para o século XXI, para o mundo contemporâneo, um western da vida real. Esta é uma história intensa e verdadeira.

Observe bem esse espaço, pois o que vai acontecer é explosivo – existe um foguete na base de lançamento já cuspindo fogo, com motores ligados e pronto para partir – quem disse que, quando alguém te convida para viajar de foguete, você não deve perguntar pelo número da sua poltrona?

De onde vem a ideia? Vem de um feliz encontro na Amazônia, há cerca de sete anos. Nas próximas publicações, explicarei como isso aconteceu. Um momento que mudou minha vida para sempre, com possíveis consequências nas vidas de outras pessoas. Pelo menos, é isso que eu desejo. Essa publicação se chamará “Encontro com John Carter”.

Por enquanto, me preparo para o SXSW, considerado um dos festivais mais importantes do circuito. O SXSW está no top ten de muitos produtores, e costuma atrair grandes delegações de produtores e distribuidores brasileiros. Me encontrarei com representantes da Associação Brasileira de Promoção e Exportação de Investimentos (APEX-Brasil), alguns dos principais empreendedores brasileiros.

Por enquanto, é só…

Atenciosamente,

Matt

0ddd6ecce163113294cc5a6c1324caf2(((((((((((((((((